Vestibular
  •  
  • Flickr
  • WhatsApp
  • linkedin
  • Instagram
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube

Centro Universitário Campo Limpo Paulista

 

 

Fique por dentro

fique por dentro - Medicina Veterinária

Campo Limpo Paulista 23/12/2020

Alunos são certificados sobre casos raros no mundo animal

Os temas demandaram muita pesquisa, dedicação e atenção dos estudantes, que fizeram o trabalho de forma remota e aproveitaram para se aprofundar nos casos

A partir do trabalho, os alunos conseguiram conhecer melhor sobre o meio científico

Conhecer diversas áreas de atuação é essencial para o aluno da Graduação e, por meio de professores, isso é possível. É o caso dos alunos Lenita Risso, Karina Landin e Valdir Dorta Júnior, de Medicina Veterinária, que, ao lado do docente João Baqui, elaboraram resumos sobre casos raros de animais no mês de dezembro na Semana Acadêmica da Medicina Veterinária, da UFRRJ.

Os trabalhos foram sobre: Cristais de hemoglobina em paciente canino com suspeita de injúria renal aguda (canis lupus familiaris): relato de caso, com resumo científico; presença acentuada de inclusões de lentz intraeritrocitárias em paciente canino com suspeita de cinomose, em resumo fotográfico e infecção por Cryptococcus gattii em paciente canino com sinais neurológicos e oftálmicos: relato de caso, em resumo expandido.

“O primeiro tema abordado é uma alteração rara de ser encontrada e não se sabe muito a respeito da causa. Pesquisamos artigos acadêmicos relacionados ao tema, ou relatos de casos e nos reunimos para ler e debater e montar o relato”, conta Karina Landin.

Os assuntos foram definidos a partir de casos clínicos que apareceram no laboratório do professor João Baqui, e ele convidou os estudantes para ajudarem na formulação do resumo, com pesquisa e escrita. Conforme os casos iam acontecendo, os alunos do 6º semestre foram auxiliando nesses trabalhos.

Valdir conta que, além da elaboração, eles conseguiram assistir outras palestras porque o evento era gratuito. “Não tínhamos noção de como era a apresentação de um mestrando. Conhecer foi bem bacana, além de gratificante entrar nesse meio científico.”

O trabalho ajudou a mostrar a importância do patologista clínico, que conta com muito estudo, pois é ele que faz o diagnóstico para o clínico embasar todo o tratamento do animal, ou seja, é preciso ser dedicado e fazer pesquisas profundas.

“Ficamos muito felizes, fomos reconhecidos, e isso mostra que estamos indo bem, dando esse passo a frente e conhecendo a fundo essa área. Ter um professor com vivência é muito bom, porque eles estão na clínica e trazem casos e achados do dia a dia”, revela e agradece Valdir.

Texto: Caroline Rodrigues - RA: 28162
Foto: reprodução