Vestibular
  •  
  • Flickr
  • WhatsApp
  • linkedin
  • Instagram
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube

 

 

Vestibulares - Inscrições

Fique por dentro

fique por dentro - PEDAGOGIA

Campo Limpo Paulista 14/05/2019

Unifaccamp recebe Associação Pelo Direito de Brincar

Além dos alunos de Pedagogia e Psicologia, pessoas de outros cursos e da comunidade compareceram à palestra, totalizando 101 participantes; um dos assuntos abordados foi a falta de lazer ao livre

Anfiteatro recebeu muitos alunos, ex-alunos e comunidade para conhecer mais sobre o tema fundamental na sociedade moderna

Para auxiliar profissionais que trabalham com crianças e adolescentes, a Unifaccamp, juntamente com a IPA Brasil - Associação Brasileira Pelo Direito de Brincar e à Cultura, ofereceu uma oficina com o tema “Um novo olhar sobre o brincar”, que ocorreu no Anfiteatro, na manhã de sábado, dia 27, das 9 ao meio-dia.

A palestra foi organizada pelas coordenadoras de Pedagogia, Silvia Fortunato, e Psicologia, Fernanda Ferracini, porém, além desses cursos, diversas pessoas assistiram o workshop, como alunos de Educação Física, Libras, pessoas da comunidade, totalizando 101 participantes.

Durante a manhã, a IPA falou sobre a falta de tempo livre que as crianças têm hoje em dia, a terceirização da brincadeira, que ficou por conta do celular e desenhos na televisão, mostraram dados que a recomendação do uso de telas com crianças com menos de 5 anos é no máximo de 1 hora por dia e sobre a falta de acesso à natureza que todos têm.

A Associação também destacou a falta de momentos entre pais e filhos, com a correria da rotina, os pais acabam se fechando mais e não brincando com filhos. Entretanto, adaptar-se a esse mundo é necessário. Silvia Fortunato, ressalta a importância de ter essas informações. “A brincadeira faz parte da formação, os alunos e família vão lidar direto com isso e com o desenvolvimento cognitivo, mental e físico da criança’.

O evento acrescentou muito para todos e ainda, valeu como horas complementares, Simone, estudante de Pedagogia da Fframo, aprovou a ação do Centro Universitário. “Vim de Francisco Morato para assistir a palestra, e valeu muito a pena”.

Chegando ao final, leis sobre o Brincar e sobre Inclusão foram citadas, para que os futuros profissionais possam defender essas atividades nos trabalhos e para os jovens. Com o intuito de acrescentar ainda mais, fizeram uma dinâmica com os participantes, para que eles possam utilizar ela depois.

Texto: Caroline Rodrigues - RA: 28162
Foto: Caroline Rodrigues - RA: 28162