Vestibular
  •  
  • Flickr
  • WhatsApp
  • linkedin
  • Instagram
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube

 

 

Vestibulares - Inscrições

Fique por dentro

fique por dentro - MÚSICA

Campo Limpo Paulista 27/04/2019

Alunos de Música fazem parte da Orquestra Sopro Novo

Quatro amigos que cursam Música na Unifaccamp, entraram na Orquestra Sopro Novo Yamaha. Os estudantes já fizeram três apresentações e irão tocar no Festival Cultural Unifaccamp

Alunos de Música entram na Orquestra Sopro Novo e se apresentarão no Festival Cultural Outono Inverno

Estudantes de Licenciatura em Música na Unifaccamp e amantes da arte, os alunos Gabriela Rodrigues, de 32 anos, do 5° semestre; Elisama Pereira, de 25 anos, do 3°; Pedro Henrique, de 19, do 5°, e Jussara Santos, de 25, já formada, passam a integrar a Orquestra Sopro Novo Yamaha no ano de 2019.

Todos se envolveram nessa área logo na infância, ainda na igreja, como Elisama, Jussara e Gabriela ou até mesmo por influência dos pais como aconteceu com Pedro. E, ao ingressarem no Centro Universitário, puderam aprender fundamentos e conhecerem a coordenadora do curso, Monique Traverzim.

A coordenadora foi uma das responsáveis por encaminhá-los para aprimorarem os conhecimentos da flauta. Monique indicou o curso que auxilia na leitura de música, o Sopro Novo, em que é monitora e ministra as aulas no espaço Multidisciplinar, dentro da Unifaccamp.

Ao lembrarem do curso de duração de 1 ano, os amigos contam que 90% dos participantes estudavam no Centro Universitário, sendo alunos de diversos semestres e ex-alunos também. As aulas eram aos sábados, e ensaiavam e praticavam o instrumento. “Aqui nós aprendemos a tocar para tocar outras pessoas", diz Pedro. O projeto é dividido em vários módulos e, ao final, há a formatura e certificação.

Estudantes juntos após apresentação
Orquestra Sopro Novo Yamaha

Terminando esses estudos, todos foram convidados para fazer o teste e entraram na Orquestra Sopro Novo Yamaha. A seleção foi no começo do ano, na Fábrica de Cultura Parque Belém, em São Paulo, e, após tocarem duas peças, foram aprovados pelos regentes.

Jussara revela que perdeu a timidez durante as aulas e que isso a ajudou muito: “Eu me sentia parte de uma família com a turma. Vi o meu progresso e meu desenvolvimento, e me senti muito à vontade com a Monique para tocar.” A ex-aluna também conta que já fizeram três apresentações na Orquestra e em diferentes lugares de São Paulo. Na Unifaccamp, vão tocar no Festival Cultural Outono Inverno no dia 18 de maio, confira a programação aqui.

“Nós nem entraríamos na Orquestra sem a Unifaccamp’, diz Elisama. “Nossa coordenadora nos ajudou muito, e a Instituição virou nossa segunda casa. Agradecemos ao Centro Universitário pelos ótimos professores e por cederem o espaço para estudarmos no curso”.

Texto: Caroline Rodrigues - RA: 28162
Foto: Reprodução