Vestibular
  •  
  • Flickr
  • WhatsApp
  • linkedin
  • Instagram
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube

 

 

Vestibulares - Inscrições

Fique por dentro

fique por dentro - TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL

Campo Limpo Paulista 14/12/2018

Alunos de Gestão Ambiental estudam recursos hídricos

Seminário e visita à ‘Exposição Rios Descobertos’ foram algumas das atividades neste semestre, procurando entender as alternativas para o município

Alunos durante visita à Exposição Rios Descobertos, promovida pela curadoria do Sesc Jundiaí: oportunidade de conhecimento

No contexto de ações comunitárias, o curso de Tecnologia em Gestão Ambiental, coordenado pela professora Fernanda Lobo, realizou um seminário denominado Plano Diretor e Recursos Hídricos no Município de Campo Limpo Paulista.

As palestrantes convidadas Patrícia Martinelli e Renata Ferreira compartilharam seus conhecimentos com os discentes e os munícipes, visando ampliar as discussões sobre a importância do envolvimento da comunidade nas discussões do Plano Direitor, refletindo sobre um município democrático, ambientalmente equilibrado, com fluidez no espaço.

Visita técnica Rios Descobertos

O curso de Tecnologia em Gestão Ambiental também promoveu, em agosto deste ano uma visita técnica à Exposição Rios Descobertos, promovida pela curadoria do Sesc Jundiaí. A visita foi acompanhada pela coordenadora Fernanda Lobo.

A exposição ofereceu uma experiência tanto cultural e sensorial quanto científica a respeito da relação dos rios com a ocupação humana.

Com instalações que contam com alta tecnologia de projeções, modelos 3D de relevo da região da Bacia dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, puderam ser observados fatores naturais, sociais e até afetivos e de memórias desta região do Médio Tietê, que abarca a área onde grande parte dos discentes vive e trabalha.

As instalações permitiram explorar a geomorfologia regional, grandes aquíferos, áreas de riscos, mudanças nos padrões de ocupações, distribuição da densidade de ocupação, áreas de preservação ambiental e a sobreposição de rios pelas manchas urbanas.

Também estavam disponíveis na mostra registros, cartas, trechos de livros que remetem a memória de ocupação do Médio Tietê.

O aproveitamento dos alunos foi profundo e intenso dado o alto poder de imersão que a instalação visual ofereceu, garantindo o uso de todos os recursos em prol de uma consolidação de alguns conhecimentos e iniciação em outros.

Professora Patrícia Martinelli conversa com alunos
Professora Renata Ferreira durante palestra

Texto: Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação