Vestibular
  • Vestibular: 0800 770 4949 | Tesouraria: (11) 4812-9404
  • Flickr
  • WhatsApp
  • Linkedin
  • Instagram
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube
WhatsApp

 

 

Vestibulares - Inscrições

Projetos Interdisciplinares

O fundamento pedagógico subjacente às atividades previstas para as disciplinas Projeto Interdisciplinar I, II, III e IV é conhecido como "método dos projetos".
O método dos projetos é um dos métodos de educação sistemática mais completos. Projetos se caracterizam pela definição de um problema ou tema e englobam atividades de: (1) estudo e busca dos métodos, técnicas e conhecimentos diversos para a solução do problema; (2) tentativa de solução do problema e (3) avaliação da solução encontrada em relação aos objetivos inicialmente intencionados.
O emprego do método dos projetos contribui para diminuir a artificialidade da escola aproximando-a dos problemas que os profissionais precisam tratar na prática das profissões. Projetos têm uma finalidade real e isto é um catalisador de motivação aos alunos possibilitando uma aprendizagem real, efetiva, afetiva, ativa, interessante e atrativa. Ao seguirem o princípio da ação organizada e planejada para alcançar um objetivo, os projetos não impõem aos alunos lições cuja utilidade eles têm dificuldade ou são incapazes de perceber. Os projetos colocam o aluno como um aprendiz ativo no centro do processo educacional deslocando-o da mera condição de espectador passivo dos conhecimentos que lhe são comunicados. Além disso, eles estimulam o aluno a planejar, executar e administrar os próprios recursos, habituando-o ao esforço e perseverança ao mesmo tempo em que lhes conferem segurança e confiança para lidar com problemas reais.

Como mencionamos, por questões culturais, legais e administrativas um curso de graduação é sempre pensado como um conjunto de disciplinas, cada uma delas compartimentando um certo campo de conhecimento. Mas o mundo é interdisciplinar e o mercado atual procura profissionais com formação multidisciplinar, profissionais capazes de tratarem os sistemas como um todo indivisível e reconhecerem que toda parte depende e ao mesmo tempo influencia outras partes. Os projetos, neste sentido, atuam como fator de integração dos diversos campos de conhecimento fragmentados nas variadas disciplinas que constituem a grade curricular. Este é justamente o foco das disciplinas “Projeto Interdisciplinar I” e “Projeto Interdisciplinar II”, "Projeto Interdisciplinar III" e "Projeto Interdisciplinar IV" presentes na estrutura curricular, além de ser uma característica fortemente presente na disciplina “Trabalho de Diplomação”.

Projetos interdisciplinares devem envolver sempre temas práticos que preferencialmente estabelecem relações com o contexto social no qual se insere a Faculdade Campo Limpo Paulista e podem ser desenvolvidos individualmente ou em grupo a critério do professor orientador. Como resultado final das atividades dos projetos interdisciplinares espera-se um relatório final sintetizando as experiências propiciadas pelo projeto, destacando-se a definição do problema, os objetivos a atingir, a metodologia utilizada na solução do problema, a avaliação da solução encontrada frente ao problema e aos objetivos intencionados e as conclusões gerais possíveis de serem inferidas a partir do desenvolvimento do projeto. 

A palavra "interdisciplinar", no contexto dos projetos interdisciplinares do curso, conota interdisciplinaridade não apenas entre as disciplinas da série em que os projetos estão alocados. Deve-se entender a interdisciplinaridade em um contexto mais amplo que envolve todas as disciplinas ou campos de conhecimento necessários ao desenvolvimento de um projeto. Assim, por exemplo, um projeto pode prescindir de conhecimentos de "Banco de Dados" ou "Inteligência Artificial" mesmo que o aluno engajado no projeto ainda não tenha cursado tais disciplinas. Neste sentido, os projetos atuam também como fonte motivadora da busca de novos conhecimentos por iniciativa própria dos alunos na medida das necessidades inerentes aos seus projetos.